9 de nov de 2010

SEMINÁRIO TAIJIQUAN WCTA SALVADOR - O RETORNO


Alunos da Turma FAKE, companhados pelos professores Magno e Benício
E o IFTB retorna de mais um seminário de Taijiquan [Taichichuan], desta vez organizado pela  World Chen Taijiquan Association – Seção Brasil [WCTA-BR], em Salvador. Na ocasião, o mestre Jan Silberstorff transmitiu a sequência de Pao Chui [Lao Jia 2], Lao Jia Yi Lu [Lao Jia 1] e examinou os candidatos a instrutores com reconhecimento pela associação mundial.

A experiência, como sempre, foi muito rica e atrelada a ela veio também a satisfação - não somente de nossos alunos, mas também de nossos professores - com o bom desempenho de nosso Instituto na avaliação para Certificação para Instrutor Júnior de Taijiquan estilo Chen [Nível 1] da WCTA-BR, sendo que todos os que prestaram a prova foram aprovados.

Como bem comentou o aluno Sales da turma Fake, a oportunidade foi importante não só para termos o conhecimento adquirido no Curso de Formação imparcialmente medido e avaliado, mas também para aprendermos mais um pouco com os mestres que fizeram parte da banca examinadora.

As fotos documentando a participação do IFTB no seminário já estão nos nossos álbuns aqui do Blog e também do Facebook.

Parabéns aos mais novos instrutores!! Que continuem perseverando na prática para galgar degraus cada vez mais altos. Que a vitória de vocês inspire outros a participarem dos futuros seminários e avaliações.

Parabéns também a nossa competente equipe de professores que, com certeza, desempenhou papel essencial na formação e preparação de nossos alunos.
Diretor Técnico do IFTB
.

4 comentários:

Sora Soralina disse...

Passada a euforia pós-prova/seminário [rsrs!]... Mais uma vez, eu gostaria de agradecer pessoalmente à equipe organizadora - e vou tomar a liberdade de falar também em nome dos meus colegas da Turma Fake do Instituto de Formação de Taijiquan de Brasília [IFTB] -, pela acolhida atenciosa que tivemos em Salvador, durante o Seminário de Taijiquan do final de semana passado.

A oportunidade foi ímpar e eu me sinto absolutamente sem palavras para expressar isso da forma devida. Assim sendo, humildemente, passo o 'bastão' para meu colega Sales, que expressou publicamente e com precisão quase 'cirúrgica', o que com certeza todos nós sentimos ao passar pela experiência, não só de participar de mais um seminário deste nível, mas também de sermos avaliados pelo Mestre Jan, juntamente com Shifu Liana e nosso querido Shifu Magno na banca examinadora. Como bem diz nosso colega Sales em seu comentário no outro post do seminário... este não foi apenas um teste! Mesmo estando tão ansiosos, aquele foi também mais um momento de valioso aprendizado! Não só sobre Taijiquan em si, mas também sobre como podemos, seguindo o exemplo de vocês almejar sermos um dia mestres - não só tão bons, mas também tão generosos e justos.

Espero que estas impressões possam chegar ao ouvido do Mestre Jan, como forma de feedback e agradecimento sinceros de nossa parte.

Aproveito tbm para agradecer imensamente aos nossos professores do IFTB. Sem eles... no way! Abraço especial à Shifu Mônica que me trouxe de volta à prática do TCC.. que me trouxe pro IFTB... e que, com sua amizade e sabedoria me empolga todo dia! Abraço especial tbm a nosso Shifu Magno, que não me deixou desistir e que nos treinou à exaustão, mas com carinho, competência e bom humor!

Enfim... Abraços grandes a todos que dividiram conosco esta experiência, e até a próxima...

Fábio Furrier disse...

Por vezes, para falar sobre nossas experiências, lançamos mão dos poetas, que parecem já terem vivido cada passo do que ainda viveremos.

Fernando Pessoa escreveu "O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que elas acontecem(...)"

Intensidade! Refletida nas noites mal dormidas... nos treinos à vista dos curiosos... na longa sexta e no longo sábado. Intensos quanto à expectativa, no que dizia respeito à assimilação dos conhecimentos e do quanto poderíamos nos manter em paz e equilíbrio diante de tanta espera. Intenso no sentimento de conjunto que se estabeleceu em nós, todos sentados nos degraus parecendo tão pequenos quanto crianças...

Ele (Fernando Pessoa) continua: "(...)Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis."

Inesquecível o anuncio do resultado, coroando o esforço, o suor e as dores musculares acumuladas em outros sábados bem anteriores!

E pessoas incomparáveis! A dedicação de nossos professores ("mais uma vez!"), a habilidade de nossos anfitriões para nos deixarem conscientes da seriedade do momento ao mesmo tempo em que nos ajudavam nas respostas nos momentos do mais puro "vazio" (mental!). E dos meus companheiros de prova, gente valente e solidaria, que respondiam em movimentos labiais silenciosos as perguntas dirigidas a outro, na improvável esperança de serem ouvidos e poderem ajudar.
Nada de disputa, nada de inveja, nada de competição. Não estávamos juntos, ÉRAMOS juntos!

No mais perfeito espírito de unidade, quem realmente passou não foram individualidades, mas antes essa energia tão buscada por quem pratica o Tai Chi Chuan e que atende pelo poético nome de harmonia.

"Excelência é uma habilidade conquistada através de treinamento e prática. Nós somos aquilo que fazemos repetidamente. Excelência, então, não é um ato, mas um hábito." Aristoteles

Sales disse...

Não precisa dizer que o seminário foi excelente... Hum... precisa sim: o seminário foi excelente!!! Fomos bem recebidos pelos anfitriões da Bahia (Obrigado a vocês! - Alguém mande o link p/ eles). Não tenho experiência, pois foi a primeira vez que fui à Bahia com o propósito do Tai Chi. Porém, em nossas conversas durante o caminho hotel/ginásio, ginário/hotel, ouvi Magno comentando com Benício que o pessoal é sempre hospitaleiro e sempre atencioso. Além do quê, ele disse que já "se sente em casa": ir ao Ginásio, rever os colegas de treino, jantar no Café Francis (Viena para alguns! Perguntem para a Sora que vocês vão entender como o Francis pode ser o Viena ao mesmo tempo! ;-) ). Com certeza ele vai ter boas notícias de calendário para o ano que vêm. Já sabemos quais são... Mas é melhor o próprio Magno anunciar. Tenho certeza que ele agregará boas idéias a esse calendário.

Mestre Jan Silberstorff, além da aula prevista - formas -, mais uma vez enriqueceu nossos conhecimentos sobre o Yin e Yang, fazendo ainda interessantes relações com o Cristianismo. Além disso falou e demonstrou em partes das formas, como a energia circula. Logo se viu que existe um longo caminho para fixar esse conhecimento e conseguir a sua prática. É estudar e praticar...

O exame! Fomos sabatinados, observados e postos à prova. Mestre Silberstorff, além das já conhecidas qualidades, também demonstrou ser um ótimo avaliador. Justo e coerente, ao mesmo tempo que aproveita a avaliação para ensinar ainda mais. Ele avalia e sempre dá oportunidade para que possamos enriquecer nossa própria resposta. Mesmo com as nossas próprias respostas ele teve o dom de nos fazer aprender com nós mesmos. Um ótimo exame!

Quero aproveitar o espaço para repetir o que dissemos após o exame, quando recebemos os certificados: "Parabéns ao Magno e aos demais professores e instrutores do IFTB!!!". Pois se obtivemos o diploma, grande parte do mérito foi dos mestres que bem nos conduziram no aprendizado.

Aconselho fortemente aos demais colegas a fazer o exame. Mesmo aqueles que não pretendem dar aulas. Pois é mais um modo de conferir o aprendizado. E também, como já disse, de aprender um pouco mais com o Mestre Silberstorff.

Abraços a todos, saúde e boa prática.

Liana [WCTA-BA] disse...

Foi com imensa alegria e coração aquecido que recebi suas mensagens, bem como o comentário de Sales, depois de tanta correria para "deixar a casa em ordem" para recebê-los.
Alegria também de ouvi-los "sentindo-se em casa", e perceber que juntos estamos podendo construir esta grande fraternidade sem fronteiras geográficas, mas com pontes de idéias e ideais.
Ah, também quero agradecer...:
Ao grupo da Bahia, esta família "todos por um", sem a qual... quero nem pensar...
A Magno, pela parceria e apoio, preparando e trazendo um grupo tão bacana
A todos que puderam superar os desafios das mudanças de datas e se lançar de Brasilia, Aracaju, Fortaleza, São Paulo e Rio de Janeiro
A Eduardo Molon, silenciosamente presente em cada pedaço dessa história
e claro, ao Jan, por poder catalizar tudo isso que a gente tá sentindo agora! Não se preocupem que vou transmitir a ele, e: preparem-se pro primeiro treino de tuisou dia 15 de janeiro!!!
grande abraço pra todos,
Liana