18 de mar de 2015

TAI CHI CHUAN: DEPRESSÃO E SAÚDE MENTAL

Diretor do Taolu 
Artigo publicado no Jornal Lotus Bem-Estar | FEV/2015

O Tai Chi é uma arte marcial chinesa conhecida por ser o estilo de Kung Fu mais famoso no mundo. Ela utiliza os princípios filosóficos e fundamentos técnicos milenares para a proteção e promoção das capacidades físicas e mentais do praticamente. O termo Tai Chi significa viga mestra, eixo ou centro; Chuan significa luta. Os dois termos juntos traduzem e expressam seu objetivo maior: "Luta pelo equilíbrio e a harmonia na vida".  

Para quem é recomendada a prática? 
O Tai Chi é indicado para todos aqueles que queiram se manter livres ou longe dos quadros de depressão, ansiedade, pânico, estresse, euforia, sedentarismo e suas consequências as quais são consideradas atualmente as grandes sequestradoras de três elementos essenciais para a vida que são: o tempo, a produtividade e a qualidade de vida. Além de também nos proteger dos dois gringos que queremos ver o mais longe possível, o Alzheimer e o Parkinson. Envelhecer é um processo natural, mas devemos envelhecer com saúde, qualidade de vida e principalmente, no tempo certo. Até lá, devemos ter muita saúde, disposição e eficiência em todas as nossa atividades pessoais e profissionais. As pessoas que necessitam de recuperação e/ou promoção da saúde global (física, emocional e mental), são as pessoas para as quais eu recomendaria o Tai Chi Chuan, com sua ciência e filosofia, que há milênios ajuda o ser humano a ser mais saudável e feliz.  

Mestre Chen Bing

Como a prática pode prevenir a depressão? Isso vale tanto para jovens quanto para adultos e idosos? 
Diversos estudos científicos comprovam que o Tai Chi Chuan age de forma benéfica à saúde humana como um todo, através das características de sua prática que combinam forte estímulo mental associados a movimentos físicos, onde um regula a atividade do outro. Quando se soma a filosofia central do Tai Chi, "Harmonia entre os opostos e suas mudanças", temos um exercício poderoso para recuperar e promover a saúde e a qualidade de vida do praticante. ‎ Desde que foi criado, o Tai Chi Chuan vem protegendo seus praticantes de diversas desordens do humor - onde a depressão é o quadro crônico mais comum e que responde com os melhores resultados com a prática regular do Tai Chi Chuan. 

Durante o trabalho e outras atividades pessoais, temos uma exaustiva atividade mental e emocional exacerbada, que deixa o ambiente por vezes tenso e os resultados esperados comprometidos. A prática regular do Tai Chi nos condiciona a ter uma postura física, mental e emocional mais equilibrada; maior capacidade em manter a tranquilidade diante das dificuldades diárias, sem perder a agilidade; maior disposição, mais energia para as atividades em geral, maior tranquilidade, controle e centramento para tomar decisões e debater pontos de vista. 

Mais especificamente, a prática regular do Tai Chi Chuan relaxa o córtex cerebral, propiciando um maior equilíbrio entre as funções das reações adrenérgicas para as atividades cerebrais que exigem grande atenção e esforço mental, e as reações dopamínicas, que promovem as reações de contemplação, percepção e recuperação. O Tai Chi também proporciona um condicionamento físico e emocional para diversas situações que gerariam estresse, sentimentos de baixa autoestima ou pensamentos depressores, onde o praticante se mantém em uma postura mental e emocional capaz de anular essa situação, seja por ajuste psicológico gerado pela filosofia aplicada às situações ou pela estabilidade psicológica e emocional fisiológica gerada na pratica do Tai Chi. 

Neste intuito, o "Taolu Cultura Oriental" oferece serviços de treinamento, capacitação e atividades de Promoção Humana e Cultura Oriental. Procuramos ter diversos formatos de atividades que possam se adequar às diversas demandas de nossos alunos em geral e clientes corporativos.
.

Nenhum comentário: